6 passos para conseguir um aumento de salário em 2018

O especialista em negociação pela Harvard Business School, Breno Paquelet, especificou quais são

Pedir Aumento

Getty Images

Especialistas costumam dizer que o final do ano é a melhor época para se pedir um aumento de salário. Isso porque é o período em que os feedbacks normalmente são feitos e quando as empresas definem o orçamento para o próximo ano, o que cria uma boa oportunidade para o colaborador de abordar o assunto.

Este, entretanto, não deve ser o único fator considerado para ter uma conversa sobre negociação de salário, segundo o especialista em negociação Breno Paquelet, formado pela Harvard Business School: ainda é necessário que o colaborador “tenha sensibilidade para escolher o momento mais oportuno” para conversar com o gestor.

Para que as chances de sucesso sejam maiores, Breno recomenda também que o colaborador não tente negociar seu salário se estiver há menos de um ano na empresa, além de ter argumentos para “embasar” o pedido.

No geral, Breno afirma que é importante seguir cinco passos para ser bem-sucedido na negociação.

Confira a seguir quais são:

Tenha critérios objetivos para reforçar o pedido

Ao invés de ter como motivações para o pedido questões emocionais, é importante ter dados e informações concretas para que a conversa seja melhor fundamentada. Por isso, é importante: buscar informações sobre a média salarial em empresas do mesmo segmento, listar as realizações do último ano e quais os benefícios que trouxe para a empresa. É recomendável também trazer seu histórico dentro da empresa

Um bom argumento para justificar seu pedido é mencionar quais ganhos a empresa pode ter com eles. “Pense que a empresa vai decidir a favor do seu aumento pelos motivos dela”, disse o especialista, que recomenda que não sejam usados argumentos pessoais.

Não afronte

Breno explica que deve existir uma preocupação com o relacionamento entre gestor e funcionário no momento da negociação – e, considerando que o gestor tem preocupações que vão além do fator financeiro, é importante não dar ultimatos e confrontar sua decisão – portanto, expressões como “é isso ou nada” e “começarei a procurar outro emprego” são quase proibidas.
Mapeie todas as partes envolvidas Além de você e seu gestor, outras pessoas estão envolvidas no possível aumento de salário. A recomendação de Breno é: “Tente pensar em pessoas de confiança dele que poderão ser consultadas na avaliação de seu aumento e faça com que suas realizações cheguem ao superior do seu gestor informalmente, para que ele possa dar apoio ou pelo menos não vetar a questão”.

Aceite várias formas de pagamento

É importante pensar em outras formas de “pagamento” que façam sentido para você além do aumento de salário. Flexibilização no horário de trabalho, apoio em pagamento de parcelas, pagamento de curso, entre outras, são algumas delas

Não tente apressar a negociação

Dificilmente uma negociação de salário será fechada em uma única conversa, então evite retomar o assunto pouco tempo após a primeira conversa com seu gestor. Dê alguns dias para que ele pense no assunto e depois retome a conversa, ou deixe para que seu gestor o faça.

Fonte: Infomoney

Deixe seu comentário