Como tirar o melhor proveito do ensino à distância

O Ensino à Distância (EAD) é a nova realidade do brasileiro que busca aperfeiçoamento profissional, saiba como priorizar os estudos e não se perder nas facilidades dessa modalidade

ensino à distância

Atualmente o mercado de trabalho exige um profissional atualizado, mas com a correria do dia a dia nem sempre é possível achar um tempo para se matricular em um curso presencial, por isso, os cursos na modalidade à distância (EAD) ganham cada vez mais destaque. De acordo com os dados do último Censo de Educação Superior entre 2011 e 2012, as matrículas EAD avançaram 12,2%. Com esse avanço 15% somam o total de matriculas para a graduação.

A ascensão da modalidade não só no curso de nível superior, mas também nos cursos complementares são resultados de uma comunicação multidirecional, ou seja, a interatividade entre professor e aluno e entre os próprios colegas que se dá nos fóruns e chats. E devido à ampla flexibilidade na hora de escolher dias e horários para as aulas. “Sempre estudei em cursos presenciais, quando comecei a graduação vi a necessidade de fazer cursos complementares, e como não tinha tempo, a saída foi ingressar em um curso EAD pela facilidade de escolher onde e quando eu poderia estudar”, diz Ryan Pedro, estudante de jornalismo.

Veja também: 10 Motivos para Estudar à distância

Embora o chamariz seja a flexibilidade, a grande preocupação das pessoas que procuram esses cursos é quanto ao processo de aprendizagem, a credibilidade do diploma e de como otimizar o tempo e aproveitar as facilidades dessa modalidade. Quanto ao processo de aprendizagem, é feito através de recursos tecnológicos, com aulas via satélite e atividades realizadas com o uso da internet. Já os cursos superiores além das atividades realizadas na internet, elas devem ser complementadas por outras atividades presenciais.

No caso da credibilidadedo curso, ao contrário do que acontecia anos atrás – se os cursos forem ministrados por instituições de confiança -, tanto o superior quanto o complementar possuem o mesmo valor pedagógico daqueles oferecidos na modalidade presencial, e portanto, não há nenhuma diferença entre os diplomas. Agora, se você tem a rotina corrida e precisa organizar o tempo para estudar, confira as dicas* e torne o processo de aprendizagem mais proveitoso:

1.Organizar o tempo

Defina o tempo necessário de dedicação aos estudos e respeite-o. Ainda que o ensino a distância permita realizar simultânea outras atividades (trabalho, família, entretenimento), o segredo está em encontrar o equilíbrio entre os distintos âmbitos da vida pessoal.

2. Seja sensato

Nem sempre é possível dedicar-se integralmente aos estudos. Portanto, seja realista e não assuma mais matérias do que a sua agenda permite. Isso porque, ao invés de agilizar a conclusão dos estudos, poderá acumular reprovações.

3. Aproveite as TIC

Para não se isolar no processo de aprendizagem à distância recorra aos recursos tecnológicos disponíveis nas salas virtuais. Ferramentas como fóruns, wikis, chats, vídeos e realidade virtual, além de incrementarem o ensino/aprendizagem, são pontos de encontro de estudantes e docentes.

4. Motive-se

Ainda que a maioria dos estudantes desta modalidade não disponha de muito tempo para o estudo, é necessário encontrar a motivação para cumprir as atividades propostas pelo curso ao menos uma vez por dia. Não deixe que a rotina cansativa de trabalho te desvie desse foco. O ensino a distância exige consistência.

5. Priorize sempre

Identifique as obrigações e as tarefas mais urgentes para realizá-las em primeiro lugar. O ideal é estabelecer metas diárias e realistas. Programe metas relativamente fáceis de ser alcançadas.

6. Amplie os conhecimentos

Desperte em você a inquietude pela descoberta de novos conhecimentos e não se limite apenas ao conteúdo das aulas. Consulte fontes complementares para favorecer a expansão dos aprendizados.

7. Não tenha vergonha de perguntar

É necessário ter uma relação fluída com professores e tutores. Na educação a distância você terá uma atenção personalizada, individualizada e permanente. Use e abuse desse benefício.

*Fonte: Universia Brasil

Sabrina de LimaSabrina de Lima, 20 anos

Estudante de jornalismo e editora de comportamento do blog O Trem

 

Deixe seu comentário