Primeiro Emprego

Cinco dicas para conseguir o primeiro emprego

Considerar o que você quer fazer no trabalho é um passo importante para decidir onde empenhar esforços no momento de encontrar o emprego certo

Redação, Administradores.com, 

Primeiro Emprego

iStock

Muito se fala nas dificuldades de conseguir o primeiro emprego ou sobre dicas para melhorar o currículo para conquistar uma vaga no mercado de trabalho. Mas no meio do caminho, sempre existem aquelas dúvidas ou surpresas que você pensa “ninguém me contou sobre isso antes”.

Com o passar dos anos, as habilidades para buscar e encontrar um emprego são aprimoradas. Um recente estudo com dados relacionados à busca do primeiro emprego, elaborado pelo Indeed — ferramenta online de buscas de empregos — revelou alguns passos importantes para obter sucesso na busca pela primeira contratação. Confira abaixo cinco dicas para que você tenha um melhor resultado, segundo estudo do Indeed:

1) Considerar o que você quer fazer no trabalho

Esse é um passo importante para decidir onde empenhar esforços no momento de encontrar o emprego certo. Considere os papéis que já desempenhou na sua escola ou na comunidade, de um modo geral. Trabalhos voluntários realizados e outras experiências onde você aplicou as suas habilidades e interesses, também contam. Não mire para todos os lados. Tenha foco e considere seus interesses na hora de buscar um emprego.

2) Se candidatar às ofertas de trabalho

Antes de se candidatar a uma vaga de emprego, faça uma revisão final em seu currículo. Neste momento, você quer garantir que ele seja a sua melhor representação e não contenha nenhum erro de ortografia ou digitação. Você pode pedir a um amigo ou parente que o revise para você.

Depois, crie alertas de emprego a serem enviados para você diariamente ou semanalmente. Os alertas de emprego são atualizações regulares por e-mail sobre novos empregos que vão de encontro ao seu interesse.

Você pode criar um número ilimitado de alertas de emprego. Da sua conta, você pode gerenciar os alertas ao configurar como você gostaria de receber as atualizações por e-mail e pausando ou deletando alertas.

3) Esperando uma resposta

Uma parte inevitável da procura por emprego é esperar que os empregadores entrem em contato com você. Alguns empregadores podem enviar um e-mail confirmando o recebimento de sua candidatura e informando que entrarão em contato caso desejem seguir adiante. Outros podem não responder.

Quanto tempo você deve esperar uma resposta ante de partir para outra? Não existe uma resposta padrão para esta pergunta. A quantidade de tempo que leva para revisar uma candidatura para cada oferta varia de acordo com o emprego e a empresa.

Enquanto você aguarda uma resposta, é importante continuar a sua busca por emprego. Continue pesquisando novas oportunidades e se candidatando a novos empregos. Defina os alertas de emprego e siga a Página de Empresa do empregador dos seus sonhos para receber atualizações quando novas ofertas forem postadas

4) Esteja atento para empregos suspeitos

O Indeed trabalha para identificar e remover conteúdo suspeito dos resultados da busca. Para a sua segurança, proteja as suas informações pessoais, nunca aceite dinheiro por um trabalho não realizado e não realize nenhuma transação financeira em nome de um empregador em potencial.

5) Entrevista

O processo de entrevista e contratação é realizado de forma diferente de acordo com cada empresa. Utilize as informações que estão disponíveis no site da empresa a seu favor. Procure saber como é o código de vestimenta e o que as pessoas que trabalham na empresa costumam usar.

Enquanto você se prepara para as entrevistas, pense em exemplos da sua experiência de vida que sejam relevantes para compartilhar. Combinar as suas experiências com o que os gerentes desejam é a melhor maneira de causar uma boa impressão. E, por último, mas não menos importante, seja confiante.

Primeiro emprego? Aprenda a controlar o salário.

Saiba como usar seus primeiros pagamentos de forma consciente sem deixar de aproveitá-lo para realizar os sonhos que sempre desejou

por

Primeiro Emprego

Até conquistar o primeiro emprego, a relação dos jovens com o dinheiro se restringe às mesadas ou ao dinheirinho extra que eles ganham dos pais para aproveitar o final de semana.

Porém, quando são contratados e iniciam a vida profissional, os jovens passam a lidar com o próprio dinheiro. Começa aí uma nova fase marcada por sonhos, projetos e uma boa dose de deslumbramento.

É comum que no primeiro salário algum sonho de consumo seja realizado. Às vezes é uma roupa, um sapato, um perfume ou até mesmo um passeio especial.

Leia também:

O ideal é que as extravagâncias não se repitam todos os meses e que, a partir do segundo salário, o jovem comece a poupar e fazer escolhas financeiras que terão reflexos positivos tanto na vida pessoal, como na própria carreira.

Se você conseguiu o seu primeiro emprego e quer aprender a controlar as finanças, sem abrir mão das coisas boas da juventude, fique de olho nas nossas dicas!

Não gaste mais do que você ganha
Normalmente, o salário do primeiro emprego é limitado, especialmente quando o trabalho é em regime de estágio.

Nesse caso, é imprescindível manter os pés no chão e não gastar mais do que você ganha. Cuidado com as promoções tentadoras nas vitrines das lojas e tenha bastante bom senso em relação às despesas supérfluas.

Um cinema de vez em quando é bacana, uma balada também, mas se você não se controlar, é bem provável que suas finanças se compliquem. Tente equilibrar sua vida social com o seu orçamento!

Seu smartphone pode te ajudar
Na era da tecnologia mobile, uma boa alternativa para controlar o salário é utilizar os aplicativos para gerenciar as finanças e anotar todos os gastos.

Cada despesa deve ser registrada. Simples assim! Em poucos cliques você terá pleno controle sobre as suas finanças, além de poder acompanhar o status das suas contas a qualquer hora e em qualquer lugar.

Caso você não tenha nenhum dispositivo móvel (tablet ou smartphone), faça uma planilha no seu computador, mas não deixe de anotar os gastos.

Fuja dos cartões, empréstimos e compras a prazo
O uso de cartões, empréstimos e crediários exige maturidade financeira e você ainda está construindo a sua. Evite a todo custo iniciar recorrer a essas ferramentas de crédito. Elas podem comprometer – e muito – a saúde das suas finanças!

O cuidado deve ser redobrado se o seu primeiro emprego for um trabalho temporário ou você ainda estiver no período de experiência.

Nessas situações, é melhor não comprometer o salário com dívidas parceladas. Estabeleça prioridades, faça uma reserva financeira e decida com calma a melhor forma de utilizar o dinheiro.

Invista em educação para conquistar salários melhores
Esse método é multifuncional, pois além de evitar que você gaste com itens desnecessários, pode acabar te ajudando a conquistar salários melhores no futuro.

Converta parte do seu salário em educação: cursos, faculdade, intercâmbio, livros. Esse investimento pode fazer uma grande diferença na sua carreira!

O resultado costuma aparecer a médio e longo prazo, mas pelo menos você não canaliza a sua renda para a compra de itens que não são essenciais.